Factos & Números

A indústria Europeia de Refinação

  • Em Dezembro de 2011, havia 92 refinarias a operar na UE e nos Estados Membros da EFTA, um terço das quais localizadas na Alemanha, França e Itália
  • A UE é o segundo maior produtor mundial de produtos petrolíferos, logo a seguir aos Estados Unidos
  • De acordo com a Agência Internacional de Energia, os produtos provenientes das refinarias da UE destinam-se principalmente aos transportes (63%), aquecimento e produção de eletricidade (22%) e utilização industrial (15%)
  • Existem mais de 131.000 postos de abastecimento de combustível na Europa.
  • A gasolina e o gasóleo (incluindo o gasóleo de aquecimento) são líderes no comércio de produtos petrolíferos em termos de volume; o gasóleo é o principal produto importado para a Europa enquanto a gasolina é o principal produto exportado.
  • Os EUA são o maior cliente de gasolina exportada da UE. A Rússia é o principal fornecedor de gasóleo da UE, seguida dos Estados Unidos.
  • Todos os anos a indústria refinadora da UE contribui aproximadamente com €30 mil milhões para a economia (valor bruto acrescentado). Mais de 600.000 pessoas na UE estão diretamente empregadas na indústria da refinação e comercialização e cerca de 750.000 trabalham no sector petroquímico relacionado. Só as Refinarias dão trabalho a aproximadamente 100.000 empregados e empreiteiros.
  • A indústria de refinação e distribuição de petróleo contribuem com €240 mil milhões por ano em impostos e taxas da venda de combustíveis na UE.

O futuro da Refinação

  • Se a produção atual permanecer ao mesmo nível, a Agência Internacional de Energia calcula que as reservas, convencionais e não convencionais, em todo o mundo, fornecerão petróleo suficiente para mais 46 anos.
  • As previsões da Agência Internacional de Energia indicam que 80% dos combustíveis para os transportes serão à base de petróleo em 2030, apenas 10% menos que hoje.
  • De acordo com as previsões, a procura na UE por gasóleo e gasóleo de aquecimento permanecerá estável durante o período de 2010-2020.

    Enlarge graph

  • Ainda segundo as previsões da Agência Internacional de Energia no World Energy Outlook, em 2030 o petróleo representará cerca de 30% do cabaz energético da UE.

  • Anualmente os transportes internos consomem cerca de 300 milhões de toneladas equivalentes do petróleo (Mtep). O número previsto para 2030 é de 250 Mtep em toda a UE.
  • As previsões actuais para o período 2010-2030 indicam que a procura de petróleo continuará a aumentar nos sectores marítimo e da aviação, enquanto a utilização no aquecimento irá estabilizar.

A Refinação e o Ambiente

  • No decurso dos últimos 20 anos, os refinadores europeus investiram anualmente uma média de €4,5 mil milhões em eficiência energética, tecnologias mais limpas e modernização das instalações de produção e dos processos.

  • Apenas 15% das emissões de GEE são emitidas durante o processo de refinação, incluindo a produção de petróleo bruto.
  • Desde 1990 a indústria da Refinação melhorou a sua eficiência energética em aproximadamente 25% graças a uma investigação intensa e aos investimentos no desenvolvimento.
  • As refinarias europeias com maior eficiência energética constam entre as melhores do mundo, apenas ultrapassadas pelas novas grandes refinarias asiáticas. Desde o início dos anos 1990, os níveis de intensidade energética nas instalações europeias têm diminuído consistentemente.

    Enlarge graph Enlarge graph

  • As Refinarias europeias diminuíram para metade a quantidade de enxofre que emitem desde 1998. A qualidade dos efluentes melhorou consideravelmente e, durante os últimos 30 anos, as refinarias reduziram 10 vezes a quantidade de hidrocarbonetos descarregados na água.

    diesel diesel

  • As refinarias na UE têm melhorado continuadamente a qualidade do produto através da redução drástica dos níveis de enxofre, chumbo, aromáticos, olefinas, benzeno e HAP (hidrocarbonetos aromáticos policíclicos) e pela eliminação do uso de gasolina com chumbo nos veículos fabricados mais recentemente.

    Enlarge graph Enlarge graph